Como surgiu este mundo? #2 - Em busca das origens

1 de abril de 2016 |

2008 foi o ano das historias inventadas para mim, mas como é que, de facto, Dreamian nasceu? Como é que todas as personagens ganharam vida? A onde é que fui buscar estas ideias? A verdade é que muita coisa ficou no passado e dele não conseguiu sair, e desse modo não posso confirmar a verdadeira origem desta maravilhosa historia, detalhes foram esquecidos, personagens e até mesmo ideias para desenhos que nunca foram passados para papel e assim caídos no esquecimento... mas do pouco que ficou irei tentar explicar as origens que eu própria, criadora deste universo, nem sei exactamente quais foram, é como se esta historia já tivesse vida própria, e, numa noite, entrado na minha mente, pareceu um sonho, sem inicio, começando na sua principal trama e que não tem fim.

Tal como consegui justificar o porque de a historia ter surgido em 2008, irei ir em busca das respostas para suas origens através do pouco que me recordo, ou outros factos lógicos, eu gosto de dividir a minha historia em varias fases de seu desenvolvimento e criação, principalmente pela existência de longos períodos de tempo onde Dreamian não era das minhas principais historias inventadas e universos próprios, pois foram alguns meses ou anos onde os ventos da paz e da mudança deixaram de soprar nos campos verdejantes do reino.




2008
O inicio de tudo
No inicio a historia não tinha nome, e como já referi na primeira parte do especial Como surgiu este mundo, sempre gostei de coisas relacionadas com magia e fantasia, e na época recordo de ver várias animações, pela qual seus títulos foram esquecidos no tempo, seguindo esse maravilhoso estilho, todas sempre com a mesma trama: Uma princesa ser salva do mal por um cavaleiro ou algo seguindo esse género.
Nessa altura eu tenho a certeza que uma das animações era Sleeping Beauty(A bela Adormecida), um grande clássico mas eu nunca fui grande fã destes contos de fadas comuns que para mim estão cada vez mais a perder interesse por serem sempre o mesmo, mas na época em que se enquadrou foi memorável ver o ato heróico do príncipe Phillip a combater uma besta negra para salvar a princesa Aurora, lembro-me perfeitamente de ver grande parte de toda a cena, Maleficent a se transformar em um dragão, algumas cenas do combate onde o dragão esta a cuspir fogo sobre o cavaleiro e o mesmo a se proteger com o escudo, a espada magica cravada no coração da criatura, o sangue a cair, a besta a morrer, total nostalgia.
Este clássico Disney foi deste modo um dos principais responsáveis pela primeira trama dada a minha historia, pois todo aquele ato heróico deu origem a algo memorável que enquanto criança eu adorei, especialmente pela minha antiga e continua paixão por dragões, mas a minha historia não nasceu logo depois de ver Sleeping Beauty, devo agradecer á Disney pelo clássico que ajudou a reforçar a criação da minha historia, mas os verdadeiros créditos vão para o inesperado, logo depois de assistir Sleeping Beauty, existiu outro filme, e que foi possivelmente a real causa para a origem de Dreamian. The Black Cauldron.


Isso mesmo, vocês leram bem, The Black Cauldron, aquele filme de animação velho, cheio de cortes e uma historia ''estranha'', com carater sinistro, encarregado do titulo de pior filme da Disney... Admito que só me recordei da existência deste filme tanto odiado por quase todos quando estava em busca de curiosidades sobre Disney, até pareceu que forças misteriosas estavam a me ajudar a desvendar os mistérios do meu passado, mas como é que eu me esqueci por completo da existência de The Black Cauldron?
Apesar do seu carácter assustador e sofrer inúmeros preconceitos, foi um filme que eu gostei na altura, e durante uns dias foi até mesmo um dos meus favoritos, não posso dizer o mesmo nos dias de hoje pois a mentalidade muda e ainda não revi, mas quando o meu caminho cruzou-se de novo com a existência deste filme lembrei-me, lembrei-me da forma como gostei deste filme, da forma como imaginava esse universo, como é que me fui esquecer da sua existência? Como fui me esquecer do Gurgi, todo aquele mundo de fantasia cheio de criaturas, a cena dos amigos partindo no final, os guardas zombies e aquela porca chata sendo perseguida por dragões (eu querendo ver o bicho logo morto por meus amigos alados negros hehehe), o ar diabólico do vilão o Horned King, até mesmo o romance entre as personagens principais, Eilonwy a princesa esquecida da Disney e o garoto Taran ficaram perdidos na memoria.

Eu lembro-me que para a minha historia o meu objetivo era criar um vilão tão macabro e assustador, tal como o Horned King e tal como a Maleficient com a habilidade de se transformar num dragão temido, não tenho a certeza se existia uma ligação com ambos os filmes e a origem de minha historia, mas tenho a certeza de uma coisa, inspirei-me em algo, e uma criança cria os seus universos copiando aquilo que gostavam, por muito de macabro que seja, e desse modo aponto o dedo para os únicos filmes de fantasia que me fizeram sonhar bem alto na época, The Black Cauldron e Sleeping Beauty, apesar de The Black Cauldron ter sido aquele que mais marcou.
Por vezes é difícil acreditar na ideia que a minha historia teve como principal base The Black Cauldron, especialmente depois de descobrir que é a ovelha negra dentro do universo magico da Disney, mas vindo de uma criança, era normal acontecer o inesperado.
Eu também queria criar o meu próprio mundo á minha maneira do género das terras que The Black Cauldron apresentou (como também uma outra animação que assistia na época, American Dragon), nasceu a ideia de um mundo magico com todas as criaturas magicas que eu quisesse, eu era muito solitária e brincava a maioria das vezes sozinha no jardim de casa, e lá estava eu, fui aos estábulos ver se os meus dragões com penas (galinhas) tinham ovos, foi quando tudo aconteceu, e do nada comecei a viajar, imaginar uma dessas típicas historias de cavalaria tendo em base aquilo que eu gostava e via na televisão, uma princesa chamada Rika ser aprisionada por um homem com a habilidade de se transformar num dragão sem motivos, e um cavaleiro bravo chamado Takato ir em busca da salvação da amada, outra coincidência entre The Black Cauldron e as minhas primeiras ideias para Dreamian eram precisamente as personagens principais, ambas com um romance e Rika e Takato também eram muito semelhantes as personalidades do próprio Taran e Eilonwy.


O meu primeiro desenho de Rika e Takato.
Ignorem as personagens de IceAge atrás do papel, eu geralmente reutilizava outros ''papeis'' para criar novos desenhos.

Essa historia não tinha nome, era simples e basicamente retratava apenas a tão já demasiado usada trama, alguém raptar uma princesa e um cavaleiro qualquer ter ido tentar a salvar matando um dragão, por vezes tenho orgulho nas minhas ideias atuais, pois imagino como a historia estaria se tivesse continuado com todo esse clichê...


Takato em busca de salvar Rika

Rika a princesa, Takato o jovem herói, e um homem com poderes de ser um dragão chamado Dragão Negro (olhem que criatividade) eram as únicas personagens, tenho uma vaga ideia da existência de outras personagens que, devido ao seu papel quase inexistente, deixaram de existir e caíram no esquecimento, nem elas próprias conhecerem as suas identidades, sendo entre elas um rei muito diferente do atual rei de Dreamian, até mesmo a primeira ideia para Rika e Takato era muito limitada, incluindo as suas características físicas, os dois heróis e sua pequena aventura demoraram algumas semanas, tudo era simples, incluindo aquele universo, esta historia acabou caindo no esquecimento, mas as aventuras iriam voltar meses mais tarde...
As origens são difíceis de decifrar, mas vamos continuar a acreditar que foi baseado em 2 filmes Disney, mas primeiras ideias são primeiras ideias, a historia não era complexa e nem tinha grande criatividade, com o tempo tudo mudou, e apartir de 2009 as minhas ideias já tiveram, sem duvidas, inícios mais conhecidos e fixos. 



2009-2012
Nova geração de personagens e ideias
Como disse antes, no inicio de tudo eram poucas personagens, o reino não estava composto de forma organizada, o caos existia e dominava fortemente as terras do reino, depois de uns bons tempos com a historia esquecida, chegou a altura de a recuperar, lembrei-me então de voltar com as minhas personagens e inovar, e a mudança foi em muitos aspectos grande, mas existiu motivos, é claro, para voltar com esta ideia.
Esta foi, sem duvidas, a altura que mais marcou, onde o meu pequeno universo cresceu, tornou-se infinito, era durante muitos longos meses a minha principal estadia na imaginação, e eu passava o dia me divertindo ao lado das minhas personagens, vivendo aventuras gloriosas, combatendo ao lado de meu amigo Takato o vilão Dragão Negro em busca de gloria, paz no reino e salvar a princesa Rika, foi nestes belos anos onde fiz, pela primeira vez, desenhos relacionados com as historia apesar de terem sido poucos...

Para começar, vamos descobrir em que altura a minha historia voltou a surgir, e isto foi em possivelmente 2009, ou 2010, foi em uma altura que fiquei com uma doença muito comum na altura e facilmente transmissível, e o que uma criança faz quando está doente e tem que ficar isolada? Tenta buscar entretenimento com o que tem em mão, a televisão a maior parte das horas não dava nada de meu interesse, mas era melhor ver uma coisa aleatória do que nada, foi nessa altura que comecei a assistir uns desenhos chamados Simsala Grimm, uma magnifica animação que consistia em contar aventuras dos contos de fadas criados pelos tão conhecidos irmãos Grimm entre outras de notáveis autores, atravez das aventuras de um coiote azul chamado Yoyo e um lagarto vermelho chamado Doc Croc com a ajuda de um livro magico que voava pelos céus.
Durante a semana em que fiquei doente esperava todos os dias ansiosamente para ver este desenho, apesar do carater infantil demais que já não era considerado para a minha idade, eu não deixei de continuar a ser uma criança em busca de um bom universo magico, e foi então que encontrei Simsala, o reino magico desta animação que deu-me inspiração para voltar com o meu próprio reino.
Foi nessa altura que o meu reino ganhou nome (na verdade eu ''plagiei'' o nome), o primeiro nome que dei ao reino de Dreamian foi Simsala, Simsala era precisamente o nome do livro magico, e da própria serie de animação, e quando os personagens Yoyo e Doc Croc queriam chamar o livro eles usavam as memoráveis palavras magicas ''Simsala, Simsala, Simsala Grimm'', eu gostei tanto destas palavras que acabei por usar as mesmas, tal como o nome do reino da animação, em vários momentos de minha historia, não sei exactamente como usava tais palavras, pois grande parte dessa ideia ficou perdida no tempo.
Mais tarde quando criei novas personagens além de Takato e Rika, minha historia foi baptizada com o seu primeiro nome que era ''Os heróis da terra de Simsala'', já que antes ela não tinha titulo.



Uns tempos mais tarde recebi em minhas mãos o jogo The Legend of Zelda: A Link to the Past, para Game Boy Advance, um grande ''clássico'' e jogo, foi um dos poucos jogos da grande serie The Legend of Zelda que consegui jogar, mas a sua historia, estratégia e simplicidade conquistou o meu coração e se algum dia conseguir em mãos algum outro jogo da mesma franquia e ler mais informações sobre a mesma, já que não sei quase nada sobre o assunto, sem duvidas irei me tornar uma fã. Este jogo foi umas das principais inspirações para toda a minha historia, copiei vários elementos dele que mais tarde deram origem a ideias completamente novas, como é de lógico, sem este jogo o meu universo era muito diferente do atual.
A historia do jogo é basicamente e mais ou menos, sem dar muito Spoiler, a seguinte: A princesa Zelda através de telepatia comunica com Link, o personagem principal do jogo, e ela diz estar em perigo, o mesmo levanta-se a maio da noite e vai até o palácio para a salvar, eles escapam por os esgotos e vão até uma igreja/santuário, a partir dai Link tem que ir em busca de uma espada lendária para tentar matar o vilão do jogo, depois de conseguir a espada a princesa é raptada de novo e o personagem tem que viajar por entre mundos em busca dela e enfrentar inúmeros Bosses.
A Master Sword
Devo admitir que nunca percebi bem a historia do jogo, e também nunca tive paciência de ler e pesquisar sobre, porém eu gostava de sair por ai sendo o Link matando monstros e assim durante uns meses eu era dedicada bastante a este jogo a tentar matar as galinhas imortais, através da observação e do pouco que percebia do mesmo, da sua historia e do que via atentamente nos gráficos, acabei por criar personagens e dar novas aventuras plagiadas a minha própria historia e para começar os meus protagonistas Rika e Takato ganharam inúmeras características que Zelda e Link também tinham, tal como um design semelhante.
Porém um dos maiores passos na minha historia foi a introdução de uma espada lendária, baseada naquela que existia no jogo, a conhecida Master Sword que o personagem Link tem que obrigatoriamente de obter para destruir o seu inimigo e tentar salvar a princesa e restaurar paz ao seu reino. Uma espada muito semelhante foi introduzida também em Dreamian, esta que ficava lá, nas profundezas de uma floresta inexplorada do velho reino de Simsala á espera que o herói escolhido pela sua pureza de coração chega-se, era uma espada poderosa, como todas as do género, capaz de derrotar qualquer mal para restaurar a paz, é claro que esse cavaleiro de coração puro era o meu personagem Takato e que mais tarde levou a grandes aventuras.
Takato o cavaleiro escolhido
Esta espada chamada de espada lendária ou grandiosa espada mestre e toda a sua tão típica historia do cavaleiro puro deu origem ao ''contexto de Guardiões'', estes são inesperados e muito diferentes da sua base, a historia da espada já não existe no atual reino que outrora foi Simsala, não irei revelar por enquanto muitos detalhes sobre isso pois seria revelar informação importante da minha historia, e fiquem descansados, o atual Takato não é um desses tão falados Guardiões de Dreamian.

Mas com tanta historia, aventura e detalhes a ser adicionada no universo ancestral de Dreamian ainda em expansão, é claro que tinha que existir novas personagens, além da introdução de inúmeras outras personagens que muito mais tarde iriam ser mais desenvolvidas, existiu aqueles que seriam os companheiros do grande herói Takato, aqueles que iriam ajudar o cavaleiro escolhido, o herói de coração puro a erguer a sua espada e a combater o mal para restaurar o equilíbrio, mas quem eles eram?
Continuando com o jogo The Legend of Zelda: A Link to the Past... Sim este jogo, como já referi, foi uma das principais bases para o desenvolvimento das minhas ideias.
Em uma altura lá numa floresta, a chamada Haunted Grove, existia um espírito, ele tocava flauta para os animais da floresta, para mim este personagem era encantador, lembro-me da primeira vez que o vi no jogo, mandei o Link parar lá perto quando comecei a ouvir a doce melodia da flauta a sair do meu Game Boy Advance, depois de apreciar a musica durante uns minutos aproximei o personagem do garoto, ver o mesmo desaparecer de repente, os animais a fugir com o ruído que saiu da consola assustou-me, porém eu gostava muito da personagem e todo o seu ambiente de paz e harmonia com a natureza transmitido nos gráficos do jogo que voltava aquele sitio sempre para o ver e ouvir a musica, pelo menos até completar a missão que desvendava os mistérios ao redor do garoto.
Foi assim, tendo em base este NPC que eu tanto gostava que acabei por criar 2 personagens para Simsala, 2 garotas que hoje em dia ainda existem, apesar de estarem muito diferentes, uma era, tal como o NPC do jogo, um espírito e a outra uma fauna, pois associei a ideia de floresta e aquela sensação de harmonia do jogo a essas criaturas mitológicas, a fauna chamava-se Faunia e o espírito chamava-se Gastly, grande criatividade certo? Curiosamente, elas também tocavam flauta e viviam na floresta em paz com os animais.


Faunia e Gastly na sua floresta em harmonia
Durante algum tempo ambas eram apenas figurantes, quando Takato viajava em busca da princesa Rika encontrou-se com elas em uma floresta e ambas, que eram bem serias e não gostavam de tratar tudo na brincadeira, decidiram não ajudar mas lhe deram indicações e informações sobre a espada lendária, seu poder e localização e durante uma parte dessa descartada historia elas o ajudaram a procurar a mesma, mas depois, muito mais tarde, ambas passaram a ter um papel maior, eram aquelas personagens que iriam proteger a espada lendária de quem quisesse-se a levar á força caso não fosse o herói escolhido e também eram aquelas que serviam o herói de coração puro que a espada tanto procurava e o ajudavam, já que ambas tinham grandes poderes mágicos, estes que por serem tanto idiotas hoje em dia são inexplicáveis... Por agora, nada que se destaque foi baseado nesse tão magnifico jogo... Já chega de The Legend of Zelda: A Link to the Past por aqui.
Final Fantasy Tactics Advance, também para Game Boy Advance, foi outro jogo que me deu grande inspiração e um contributo para inúmeras ideias e também sem ele Dreamian não era o que é hoje. Recebi o jogo na mesma altura que The Legend of Zelda: A Link to the Past, e gostei bastante dos dois, nem sei exactamente como jogava ambos ao mesmo tempo só com um GameBoy Advance em mãos, pois passei bastantes meses viciada nestes títulos, hoje em dia ainda continuo a passar umas boas horas com este jogo, quem gosta de estratégia irá facilmente o adorar, mas o que realmente me encantou no mesmo foi a mensagem que a sua historia quis transmitir ao usar as suas personagens que são sem duvidas memoráveis, um grupo de crianças cai no ''mundo de fantasia perfeito'' e suas vidas melhoram de forma significativa, mas o protagonista tenta voltar ao seu mundo e convencer os seus amigos em voltar também com ele, e como é lógico consegue, esta é uma maravilhosa lição que consiste em dizer que todos nós devemos aceitar as nossas vidas e problemas da forma que elas são, mesmo que saibas que tua mãe faleceu ou tenhas alguma doença que te impede de andar, não devemos viver nos nossos sonhos e sim sair deles, procurar a felicidade ao aceitar quem nos próprios somos e como a nossa vida é. Baseei-me neste jogo para criar inúmeras criaturas magicas, locais, objetos e muito mais que hoje em dia ainda podem ser encontrados, na sua maioria, no universo de Dreamian.
Uma Summoner invocando a Fénix
No jogo, uma das minhas criaturas preferidas era a Viera, especialmente as que pertenciam ao ''Job Summoner'', as Viera desta área tinham a habilidade de invocar varias criaturas poderosas que auxiliam o combate, e ajudam bastante a ganhar as batalhas, entre essas criaturas está a Fénix, Unicórnio e o Carbuncle, um dia consegui, por toda a minha felicidade, a minha própria Summoner, e uma das criaturas que eu mais invocava era a Fénix, por ter o poder de reviver varias personagens ao mesmo tempo caso elas estivessem KO, eu gostava tanto dessa Fénix que acabei por introduzir a minha própria Fénix no meu universo, Félix acabou por ser uma personagens principal muito estranho mas que eu amava.

Nessa mesma época nasceu outra personagem principal, lembro-me quando um canal de televisão abriu, o chamado Panda Biggs a 1 de Dezembro de 2009, Storm Hawks foi uma das primeiras series exibidas pelo canal, apesar de já ter estado no ar no canal infantil parceiro Canal Panda mais ou menos 5 meses antes, eu via a serie e gostava bastante, não era a minha animação preferida mas dava para entreter e passar bem o tempo livre, tinha uma historia e personagens interessantes, e nesta época de inspiração e criação de historias o pobre esquadrão Storm Hawks foi a minha vitima de ''plagio'', e essa vitima foi uma criatura rinoceronte humanoide chamado Junko, através dela nasceu uma personagem semelhante chamada Juoujo.
Eu nem sei porque escolhi criar uma personagem tendo em base aquela criatura, eu nem gostava daquela personagem de Storm Hawks, talvez porque a minha historia precisava de uma dupla engraçada, Junko era engraçado, e por algum motivo juntei o meu Junko plagiado a Félix, achei que ambos faziam uma otima dupla cómica. Ambas as personagens não foram muito importantes, mas a sua presença dava uma pitada de alegria e risos a um universo que durante muito tempo foi um sitio serio, hoje em dia o atual Félix e Juoujo ainda são os principais motivos de brincadeira, e também acabaram por receber mais importância.

Félix e Juoujo brincando com minhocas e com ''uns amigos''
E estas foram as origens das minhas principais personagens e da própria historia, de uma forma geral é claro, pois existe vários outros detalhes mas de menor importância.



2013 - Até os dias de hoje
De Simsala a Dreamian, um reino cada vez mais complexo!

E estas foram as principais origens e ideias... Com o passar dos anos a partir de 2013, decidi voltar com a historia, ela esteve durante uns tempos esquecida e achei que estava na altura de a recuperar, melhorar e lutar por um velho sonho que eu tenho no meu coração desde a infância.
Com o tempo tudo isto acabou por mudar drasticamente, ideias deram origem a novas mais criativas, personagens desapareceram, personagens completamente novas nasceram, outras mudaram tanto que são incomparáveis com a sua original versão.
Simsala deixou este nome ''plagiado'' e agora é Dreamian, um reino muito diferente do anterior, mais complexo e único.

Apesar da complexidade deste universo eu estou, como acontece com qualquer pessoa, a enfrentar dificuldades na criação da historia, desenvolvimento das personagens e integrar as mesmas nas diversas situações da trama entre outros. Ainda existe muitos detalhes que não estão fixos, outros que não estão bem ou que merecem ser melhorados, muitas partes da historia só estão a ganhar real forma á medida que escrevo.
Reconheço as capacidades das minhas personagens, algumas com mais oportunidades de brilhar em toda a ação do que outras, e tenho medo de não conseguir as aproveitar ao máximo pois são muitas personagens que criei ao longo dos anos e podem dar historias criativas e excelentes, 

O meu problema não está na criatividade pois ideias é o que não falta como já viram, o problema está é na escrita e no meu vocabulário, já podem facilmente notar a minha dificuldade em escrever ao longo de muitas paginas do blog, e estou a fazer um esforço para deixar as minhas ideias e descrições bem claras nas paginas da minha historia, reconheço que cada um tem o seu próprio estilho de escrita e que posso tentar continuar a escrever na melhor forma que consigo, mas se a historia sempre for para publicar em versão de livro, acredito que muitas editoras não vão aceitar os meus terríveis erros de gramática (e o meu problema contra usar acentos em algumas palavras  também)  e vai-se tornar mais difícil encontrar quem esteja interessado em publicar o meu universo.

Estou fazendo um grande esforço para conseguir melhorar, estou lendo alguns livros para enriquecer o meu vocabulário, pesquisando palavras novas, consultando dicionários para sinónimos ou antónimos entre outras coisas de tal modo que ninguém que me conhece acredita que estou fazendo isto, vou tentar pedir ajuda a amigos, familiares e se perder a minha vergonha talvez a algum professor (o mais provável é baixar a nota e receber algum sermão por não estudar a disciplina hehehe).

E espero que todos desejem para mim boa sorte.

Os meus primeiros desenhos das personagens, incluindo outras que foram descartadas, sim, eu usei personagens de Shrek para ajudar no desenvolvimento de alguns dos desenhos, e tinha algo contra colorir os mesmos também...
Desenhado em, possivelmente, 2008-2010


Um desenho ''Remake'' das personagens antigas.





 As personagens principais como elas são nos dias de hoje!
Desenhadas em finais de 2015 e inícios de 2016


2 comentários:

  1. Caramba, você terminou o post mais rápido do que imaginei! kkkkkkk Dei uma olhada de relance para ver os personagens e gostei muito, ainda não consegui parar e ler tudo com atenção, mas aposto que vou adorar ver estes rascunhos antigos e comparar com sua evolução atual :) Já me pergunto qual será o meu personagem favorito. Tem algum palpite? kkkkkkk Essa nova leva de posts parece estar incrível, pode esperar que novos comentários meus aparecerão por aqui muito em breve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para ser sincera já tinha estas origens prontas desde a semana passada kkk Só esperava terminar alguns desenhos das personagens para deixar no final da mensagem e terminar este artigo ''em grande''. Devo dizer que não tenho muitos rascunhos antigos, a minha infância foi ocupada com outras historias e tenho mais desenhos dessas historias do que relacionadas com o passado de Dreamian, infelizmente, por isso a maior parte dos desenhos que estão neste post eu construí apenas para ilustrar, tentar demonstrar como eram essas personagens antes, e dar um toque que lembre mesmo desenhos feitos por uma criança kkk Foi divertido pegar em um papel e fazer desenhos pouco ''cuidados'' e mal coloridos! Foi como voltar a ser mesmo uma criança.
      Quanto á personagem que mais te impressionou, não sei, essas personagens são para todos os gostos kk, mas talvez o Almôndega?

      Estou esperando os seus comentários ^^ E obrigado pelo apoio!

      Eliminar

Tradutor Google